10 DICAS DE BILHAR QUE SEU OPONENTE NÃO SABE!

10 DICAS DE BILHAR QUE SEU OPONENTE NÃO SABE!

  1. ESQUEÇA A TÉCNICA DA BOLA FANTASMA
    A bola fantasma é a técnica de mira mais comumente ensinada, indicada para corrigir as imprecisões da mira de ponto de contato. Encontre o ponto de contato da bola alvo, mas ao invés de bater com a bola branca reto, imagine a bola branca em contato com este ponto (diretamente oposto à caçapa alvo), então tente acertar a bola branca no lugar onde a “bola fantasma” está. Mesmo a técnica da bola fantasma é imperfeita. A bola branca que bate perfeitamente na posição da “bola fantasma” vai transmitir fricção mínima à bola alvo, o que vai afetar o curso da mesma após o impacto.
  2. SEJA ENSINADO
    Aprender por conta própria? Se você quer mesmo ser o melhor, não vá por esse caminho. Encontre um profissional e bom professor para obter orientações e pratique junto, só assim será mais eficaz de melhorar seu jogo.
  3. TACA-LHE GIZ
    Não tacar mesmo, é só expressão! O giz precisa ser passado na quantidade certa entre cada tacada. Aplique na ponta do taco como se alguém estivesse passando batom nos lábios, de forma completa e uniforme, mas levemente. Giz agora, giz sempre!
  4. EQUILÍBRIO DO TACO
    Um bom taco de sinuca é bem equilibrado. Entre as tacadas, segure o taco no meio da base com a mão do pêndulo e na metade do shaft, ou parte superior do taco, com a mão da ponte. Assim você medirá melhor seu corpo até a bola quando estabelecer sua posição.
  5. ÂNGULO DO BRAÇO
    Muitas vezes você ouvirá “enquanto dispara, a parte inferior do braço fica pendurada no cotovelo em um ângulo reto em relação à mesa, diretamente para baixo, em direção ao chão”. A afirmação correta é “o antebraço forma um ângulo reto (ou quase) com o taco”. O taco na maioria das vezes está em um plano ligeiramente inclinado acima da mesa. Em outras palavras, se a sugestão for levantada ou abaixada, o ângulo do braço deve mudar para alcançá-la e ajudar a fornecer um toque de qualidade.
  6. QUEIXO LITERALMENTE EM CIMA DO TACO
    Não force o pescoço para colocar o queixo acima do taco. Seu braço deve estar na linha de tiro, mas sua cabeça e pescoço devem ficar no meio do tronco confortavelmente, à esquerda do taco para destros e vice-versa para canhotos. Sua mira ficará melhor quando seus olhos puderem se ajustar instantaneamente para encontrar o alvo a partir desta melhor posição da cabeça.
  7. TACOS POR PESO
    Os novos jogadores preferem tacos mais pesados, porque ajudam no balanço e ajuste de força da tacada. Já os experientes usam mais os tacos leves para conseguir um domínio mais sutil da velocidade e giro da bola. Para uma boa escolha, tente por um bom tempo um mais pesado e depois passe para o mais leve para ver a diferença e conseguir um que se adapte melhor ao seu jogo.
  8. BOLA 7 É DIVERTIDO E EDUCATIVO
    7-Ball é ótimo para jogar e para assistir. Tente! É um ótimo jogo para praticar o 9Ball. Duas bolas a menos na mesa proporcionam um layout mais fácil e mais adequado para suas habilidades de iniciante.
  9. COMPROMETA-SE COM A VELOCIDADE PRIMEIRO
    Os profissionais sabem ir pela velocidade e não pela “sensação de derrame” para colocar a bola branca na próxima tacada. Escolha um ponto específico para a bola branca cair na próxima tacada. Chegar lá pela escolha da velocidade do curso ao invés de sentir e “tocar”. Comprometa-se com uma velocidade de curso como “médio” ou “lento” antes de se inclinar para atirar.
  10. EFEITO ABAIXO OU BACK SPIN VICIA, CUIDADO!
    É quase tão viciante quanto quem gira a barra do pebolim e é uma prática típica de amadores. Use somente quando necessário, aumente sua confiança na capacidade de dar tacadas certeiras, limitando as variáveis de rotação.
Fechar Menu
Fale Conosco pelo WhatsApp